quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

O Poder de uma Aliança


 Texto: Gn 15.9-21
 
Introdução: Deus é um Deus de aliança. A Bíblia é uma síntese das alianças de Deus. Somos chamados pelo Senhor a viver em aliança. Aliança é um princípio bíblico. É impossível caminhar com Deus sem o entendimento de aliança.

O que é uma aliança? É um contrato, um pacto, um acordo ou uma sociedade entre duas ou mais partes em que se estabelecem compromissos, deveres, obrigações e privilégios entre as partes envolvidas.
Na Bíblia, o termo Aliança (em hebraico: berith; em grego: diatheke) é utilizado para definir o pacto divino entre Deus e os homens. 

A palavra é DIATEKE, significa, prescrição legal, acordo, testamento. Um testamento que foi ratificado – Em Gálatas 3.15 está escrito: “Irmãos, falo como homem. Ainda que uma aliança seja meramente humana, uma vez ratificada, ninguém a revoga, ou lhe acrescenta alguma coisa”. Uma aliança é uma declaração de propósitos, um decreto.

A aliança é tão importante que o livro sagrado á Bíblia está dividido em duas alianças:

A antiga e a Nova Aliança. Antiga Aliança denomina-se o pacto de Deus com o homem antes de Cristo (Gn. 3:14-19), e o pacto de Deus com o homem após Cristo é chamado de Nova Aliança (Hb. 8:6-13). As alianças representam a forma ou a estrutura como Deus relaciona-se com o homem decaído. Não que Deus dependa das alianças para cumprir suas promessas ou lembrar-se de Seus acordos, mas sim por conta da natureza frágil do caráter humano, adquirido em conseqüência da queda no pecado dos primeiros seres humanos (Rm. 6:23).

Existem vários tipos de aliança, mas o seu valor é o mesmo.Vejamos alguns:

1. CASAMENTO É UMA ALIANÇA – “E dizeis: Por que? Porque o Senhor foi testemunha entre ti e a mulher da tua mocidade, a qual tu foste desleal, sendo ela a tua companheira e a mulher da tua aliança”. Malaquias 2.14.

2. ALIANÇA FEITA ENTRE OS HOMENS,
• Abraão e Abimeleque – Gênesis 21.22-25.
• Isaque e Abimeleque – Gênesis 26.26-31.
• Davi e Jônatas – I Samuel 20.8.

3. ALIANÇA ENTRE DEUS E O HOMEM QUE O TEME – Salmo 25.14. a intmidade do senhor é para os que o temem, aos quais ele dará a conhecer a sua aliança.

Existem os rituais da aliança que os Judeus faziam:

1. TROCA DE CAPA OU ROUPA – para o judeu a roupa representava a pessoa, e ao trocá-la, ele estava dizendo: “Eu estou me dando a você, me entregando por inteiro”.

2. TROCA DO CINTO – o cinto servia para sustentar a armadura, simbolicamente estava dizendo que estava dando a sua força, sustento e proteção. “Eu te dou a minha força e habilidade de lutar, se alguém te atacar, ataca a mim também, ajudarei a te defender e proteger”.

3. A TROCA DE NOMES – onde a última parte do nome de um era passada para o outro, isso é usado ainda hoje na aliança de casamento e de pais para filhos.

4. ALIANÇA DE SAL – Essa aliança era feita entre Deus e o Seu povo e entre o Seu povo para exprimir a estabilidade de propósitos, serviços e conquistas entre o povo de Deus e TAMBÉM PARA TRANSMITIR A IDÉIA DE FIDELIDADE, unidade e purificação do povo de Deus. “E toda oferta dos teus manjares salgarás com sal; e não deixarás faltar a oferta de manjares o sal da aliança do teu Deus; em toda a sua oferta ofereceras sal”. Levítico 2. 13. Através de uma aliança de sal DEUS DEU A SOBERANIA DO REINO DE ISRAEL A DAVI e a sua descendência. Aliança de sal é uma aliança de conquista de cidade, de territórios, de governo, de reinos.“Porventura, não vos convém saber que o Senhor, Deus de Israel, deu para sempre a Davi a soberania sobre Israel, a ele e a seus filhos, por uma aliança de sal?” II Crônicas 13.5

5. O CORTE DA ALIANÇA – o animal era cortado no meio, e as duas partes colocadas enfrente, e as partes da aliança passava no meio, simbolicamente dizendo: “Estamos morrendo para nós mesmos, se eu não cumpri a minha parte nesta aliança que aconteça comigo o que aconteceu a este animal”. Gênesis 15:1-21. Deus fez essa aliança com Abraão.

Os inimigos conhecem o Poder de Uma Aliança

Até OS MARGINAIS E OS FEITICEIROS, fazem alianças para conquistar os seus territórios. Quando Josué estava lutando para conquistar a terra de Canaã, um povo chamado Gibeonitas, sabendo que ia ser destruído, correra e enganou Josué, fazendo-o firmar uma aliança entre o povo de Israel e eles, Josué 9.1-27. Se até os inimigos SABEM DA IMPORTÂNCIA de se fazer alianças, nós que somos a igreja de Jesus Cristo, devemos entender e aprender que alianças são importantes como parte de estratégias para conquista de territórios
Vamos aprender algumas verdades neste texto com relação a aliança:

1.Toda aliança é precedida por um conflito.
Este é um momento de batalha para Abraão. É um momento de luta, conflito ele não pode vacilar, caso isto aconteça não é possível a consumação da aliança.Quando Jesus estava na cruz para consumar a nova aliança houve um conflito espiritual. O sl 22 nos fala desta realidade.
12 Muitos touros me cercaram; fortes touros de Basã me rodearam.
13 Abriram contra mim suas bocas, como um leão que despedaça e que ruge.
No entanto Jesus derrotou todas as forças do mal lá na cruz. Cl 2.15 E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo.

2.Toda aliança é bilateral. V 17
É preciso duas pessoas para uma aliança.
o animal era cortado no meio, e as duas partes colocadas enfrente, e as partes da aliança passava no meio, simbolicamente dizendo: “Estamos morrendo para nós mesmos, se eu não cumpri a minha parte nesta aliança que aconteça comigo o que aconteceu a este animal”. Jr 34.18,19 E entregarei os homens que transgrediram a minha aliança, que não cumpriram as palavras da aliança que fizeram diante de mim, com o bezerro, que dividiram em duas partes, e passaram pelo meio das suas porções;
- no entanto quem passa entre aquelas metades não é Abraão e sim Deus. O que ele prometeu era algo incondicional. Aliança da graça veio do coração generoso de Deus.

3. Toda aliança tem um preço. V 9.
Esta aliança custava algo para Abraão, a nova aliança custou tudo para Deus, porque o preço foi a morte do seu próprio filho, por esta razão jamais podemos despreza esta aliança. Você tem valorizado o que Deus tem feito por você. Quais as evidencias?

4.Toda aliança produz resultados. V 18.
Nesta aliança Deus estava dando algo para Abraão. Na nova aliança o resultado foi salvação, perdão, libertação, cura, paz, alegria, vida vitoriosa. Quantos estão debaixo desta aliança.

5. A aliança não nos isenta das batalhas, mas nos lança na batalha. V 19-21
Deus deu a terra, mas eles precisavam lutar pelejar para concretizar esta promessa, eles não poderiam ser passivos teriam que tomar uma atitude.

A Bíblia também diz que estamos em uma batalha

Paulo disse que, não temos que lutar contra carne e sangue, ou seja, contra pessoas de nossa família, contra vizinho. á igreja não pode lutar contra ela mesma, não pode haver em nossa meio, divisão fofoca, contenda, murmuração. Paulo disse que á nossa Guerra é contra os demônios, contra uma hierarquia satânica composta de, principados, potestades, dominadores, forças do mal, quatro categoria de demônios:

-Principados: são demônios que agem para oprimir, cidades, Estados, e Nações, agem através da idolatria, feitiçaria; apocalipse 9:20 diz: que os ídolos, imagens, de ouro, prata, madeira, bronze, são demônios.

-Potestades: são autoridades, mas no reino das trevas são demônios, que agem no sistema, político, econômico, religioso e cultural de um povo, para destruir todos os seus valores, espirituais, morais, e éticos.

-dominadores: 3ª categoria de demônios, são demônios que agem através de pessoas objetos e animais levando pessoas ao desespero, á loucura, á morte, violência, e ate mesmo ao suicídio. Cheias de pessoas dominadas por estes demônios, pessoas que já não tem vontade própria, vivem em função deste demônio.

-Forças do mal, e á 4ª categoria,e tropa de choque de satanás, antes anjos á serviço de Deus,hoje espíritos imundos, que invadem todo que podem para destruir.
1)destroem sem piedade famílias
2) matam, semeiam pragas, e doenças, roubam, semeiam falência.
3) provocam tragédias, nos ares, nos mares, nas estradas.
4) colocam uns contra os outros dentro de casa, na igreja, no trabalho.São estes demônios que agem na vida dos desobedientes, são espíritos imundos, que agem por traz dos desentendimentos, contendas.
Quando você briga com, com sua esposa, esposo, filho, irmão, pai, mãe, ele fica de camarote, rindo de você.Para vencer esta guerra precisamos de três coisas, fé, temor, obediência.

6. A aliança nos assegura um bom futuro na eternidade. V 15

Um crente que não vive debaixo de uma aliança não avança, precisamos de uma aliança com Deus, com a igreja, com a nossa célula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário